Buscar

Acróstico de saudade

Caros amigos,

Olho ao redor e não os encontro mais.

Revejo nossas fotos quando a saudade enoda o peito e o aperta em laço cego.

Obediente, porém, sigo aceitando essa distância autoimposta

Na espera de, em breve, reencontrá-los e

Afagar-lhes em abraços antigos e beijar-lhes com amor amigo.

Vou vivendo esses dias amargos como quem quer e não pode ter:

Insculpindo esperança nas duras paredes desse coração arredio,

Retalhando esses sentimentos sombrios que me poluem a alma.

Urgente de correr-lhes ao encontro,

Saudade.


Rafael Silva

Posts recentes

Ver tudo

Toque - sobre o quinto sentido humano

Estendo a minha mão para alcançar a sua meus dedos procuram dos seus o enlaço deslizo pela palma até fincar com delicadeza o toque sutil que contorna a parte que me cedera ao carinho inesperado Sara C

Crença

Haverá um tempo em que o preto Será apenas uma cor. Não hoje, não agora Quando folhas negras murcham o coração E flores negras retesam-se ao toque Sem florir. Haverá um tempo em que o preto Não será l

Carta ao livro de bolso

Adolescido tomo lanterna dos afogados paraninfo da literatura rancho da tropa, democrática classe econômica talismã, lítero muiraquitã iniciático sustentáculo dos sebos, colecionário de ceitils, centa