Buscar

Amor de verão

Tu foi meu breve amor, chegou cheio de cor, coloriu e partiu.

Mas tu foi amor.

Foi amor que floresceu, que ascendeu, que reavivou e partiu.

Mas tu foi amor.

Tu foi revolução, foi chama e foi luz;

Iluminou, ardeu, revolucionou, e partiu.

Mas tu foi amor.

Foi piada, mãos dadas, e cafuné;

Sorriu, segurou, cochichou, e partiu.

Mas tu foi amor.

Foi café da manhã pra despertar, filme de comédia e brisa do mar;

Acordou, gargalhou, sentiu, e partiu.

Mas tu foi amor.

Foi ouvido atento, troca profunda de olhar e até uma dança agarradinha daquela música que adorávamos escutar;

Ouviu, enxergou, dançou e partiu.

Mas tu foi amor.

Foi amor de verão, com gosto do mar às 6 da matina, com perfume impossível de deslembrar, com playlists cheias de memórias e histórias pra contar.

Mas partiu, hoje despeço-me contente, pois me doei incerta se esse amor seria sempre presente, me olhei no espelho e disse: você não vai mais fugir, não dessa vez.

E eu fiquei, eu me abri para ti, deixei que tocasse minha pele e morasse dentro de mim, me encorajei com esse amor, me permiti e vivi.

Mas hoje, meu amor.

Hoje eu vou partir.


Calyanne Tenório

Posts recentes

Ver tudo

Café

O aroma das manhãs; Expresso Para o primeiro convite; Capuccino Para fortalecer as amizades; Frappe Depois de um amor gostoso; Duplo Debaixo do cobertor acompanhados de um livro; Mocha Fortalecendo os

Por mais Acrósticos

A palavra Amarrotada, Amarrada Cerrada, Cicatrizada, Concluída Rasga-se, Refaz-se, Reproduz-se, Recompõe-se, Recria-se no acróstico. Obliterada, Olvida, Oculta Secreta, Sagrada Transgride, Transver e

Mundo Qualquer

Tenho achado que já não sou firme o bastante pra amolecer se quiser Para rabiscar num papel e ir-me às linhas e achar-me em um mundo qualquer Tenho notado que já sei demais e não sei mais esquecer se