Buscar

Amor de verão

Tu foi meu breve amor, chegou cheio de cor, coloriu e partiu.

Mas tu foi amor.

Foi amor que floresceu, que ascendeu, que reavivou e partiu.

Mas tu foi amor.

Tu foi revolução, foi chama e foi luz;

Iluminou, ardeu, revolucionou, e partiu.

Mas tu foi amor.

Foi piada, mãos dadas, e cafuné;

Sorriu, segurou, cochichou, e partiu.

Mas tu foi amor.

Foi café da manhã pra despertar, filme de comédia e brisa do mar;

Acordou, gargalhou, sentiu, e partiu.

Mas tu foi amor.

Foi ouvido atento, troca profunda de olhar e até uma dança agarradinha daquela música que adorávamos escutar;

Ouviu, enxergou, dançou e partiu.

Mas tu foi amor.

Foi amor de verão, com gosto do mar às 6 da matina, com perfume impossível de deslembrar, com playlists cheias de memórias e histórias pra contar.

Mas partiu, hoje despeço-me contente, pois me doei incerta se esse amor seria sempre presente, me olhei no espelho e disse: você não vai mais fugir, não dessa vez.

E eu fiquei, eu me abri para ti, deixei que tocasse minha pele e morasse dentro de mim, me encorajei com esse amor, me permiti e vivi.

Mas hoje, meu amor.

Hoje eu vou partir.


Calyanne Tenório

Posts recentes

Ver tudo

Devolvo à natureza um sorriso tímido

Devolvo à natureza um sorriso tímido A cada manhã que acordo, mesmo que barulhenta << Às vezes, preferivelmente barulhenta>> Por sentir-me parte de algo maior, Por respirar tão fundo, calmamente enche

Maracaninha Encantada

Na beira da praia apresento minhas penas. Elas são verdes, Da cor dos olhos do mar. Me encantei no sereno das ondas. Nasci Maracaninha... Do sonho de menina e de ostras pequenas. Sou pássaro e ostra.

Meninas Voadoiras

Chão-limite Pra elas pousarem Depois de voarem Por cima das casas e medos Avançando por Nuvens imaginárias De algodão e lágrimas Derramadas sobre a terra Emergindo o aroma Doce-fruta de mata. Meninas