Buscar

Amor de verão

Tu foi meu breve amor, chegou cheio de cor, coloriu e partiu.

Mas tu foi amor.

Foi amor que floresceu, que ascendeu, que reavivou e partiu.

Mas tu foi amor.

Tu foi revolução, foi chama e foi luz;

Iluminou, ardeu, revolucionou, e partiu.

Mas tu foi amor.

Foi piada, mãos dadas, e cafuné;

Sorriu, segurou, cochichou, e partiu.

Mas tu foi amor.

Foi café da manhã pra despertar, filme de comédia e brisa do mar;

Acordou, gargalhou, sentiu, e partiu.

Mas tu foi amor.

Foi ouvido atento, troca profunda de olhar e até uma dança agarradinha daquela música que adorávamos escutar;

Ouviu, enxergou, dançou e partiu.

Mas tu foi amor.

Foi amor de verão, com gosto do mar às 6 da matina, com perfume impossível de deslembrar, com playlists cheias de memórias e histórias pra contar.

Mas partiu, hoje despeço-me contente, pois me doei incerta se esse amor seria sempre presente, me olhei no espelho e disse: você não vai mais fugir, não dessa vez.

E eu fiquei, eu me abri para ti, deixei que tocasse minha pele e morasse dentro de mim, me encorajei com esse amor, me permiti e vivi.

Mas hoje, meu amor.

Hoje eu vou partir.


Calyanne Tenório

Posts recentes

Ver tudo

Café com verso

Se num instante contigo imagino Um encontro inusitado, eu confesso Que o universo como um abrigo amigo Nos recepciona em café com verso Ocasião remota surpresa Imensidão em ter um momento Para se cont

O melhor café do mundo

Nada parecia abalar a simplicidade daquela manhã. E da força ancestral do barro que emprestava ao velho fogão. O vento soprava sem pressa, a lenha crepitava cantando E as labaredas exibiam a inconfund

Cacoema

Precisa alcunha me deram Chamam-me boca do inferno Um inclemente juiz Sem capa, toga e terno. Se me encontrares no espelho Não te assalte o medo De ver-te como a mim veem Para a alegria de todos Sou u