Buscar

Café à prova de balas (Brendda Neves)

Meu coração já foi baleado algumas vezes

A paixão o atinge em cheio

E, no final, ele sangra

Meu peito não é à prova de balas

Eu tomo bulletproof coffee

Para jamais me esquecer


Instagram: @coraverblue

brenddaneves@gmail.com

Posts recentes

Ver tudo

Depois da chuva (Flavia Ferrari)

A minha alma lavada repousa em um varal de corda bamba em que o peso e o acúmulo de águas passadas tocam o solo enquanto o vento se funde à substância e leva...

Via de mão dupla (Aline Bischoff)

Um caminho indo, Outro voltando. Um novo caminho se abrindo, Outro se acabando. Um caminho fugindo, Outro apenas chegando. Dois caminhos que se cruzam, Apenas lado a lado, Caminhando.

Eu te amo (Yuri Nunes)

E, se um dia, Uma lembrança te pegar, Tenha certeza de que estarei aqui, E em qualquer lugar, Ansioso para te ver e, Mais uma vez, poder ter O melhor momento que já vivi.

© Copyright