Buscar

Carta à árvore

Torre transterna,

Transuterina

Verde malha de açambarcar

Estaca que a vida finca

Patamarizado playground,

Estação clorofila

Biopilar da paz


Terramáter véu

Usina alquímica

A nutrir o sistema-Terra


Obrigado eternamente obrigado

Por alimentar-nos

De proteção e pão

Por verdecer para que não

Ressecássemos

Nós seus vorazes algozes agradecemos

Por nos servir

De berço,

Púlpito

E esquife

Perdoa-nos a nós os desgalhados entes

Nós a raça kamikaze de sem plumas

E sem clorofila



Sammis Reachers

Instagram: @sammisreachers

Posts recentes

Ver tudo

Devolvo à natureza um sorriso tímido

Devolvo à natureza um sorriso tímido A cada manhã que acordo, mesmo que barulhenta << Às vezes, preferivelmente barulhenta>> Por sentir-me parte de algo maior, Por respirar tão fundo, calmamente enche

Maracaninha Encantada

Na beira da praia apresento minhas penas. Elas são verdes, Da cor dos olhos do mar. Me encantei no sereno das ondas. Nasci Maracaninha... Do sonho de menina e de ostras pequenas. Sou pássaro e ostra.

Meninas Voadoiras

Chão-limite Pra elas pousarem Depois de voarem Por cima das casas e medos Avançando por Nuvens imaginárias De algodão e lágrimas Derramadas sobre a terra Emergindo o aroma Doce-fruta de mata. Meninas