Buscar

Carta ao livro de bolso

Adolescido tomo

lanterna dos afogados

paraninfo da literatura

rancho da tropa, democrática

classe econômica

talismã, lítero muiraquitã iniciático

sustentáculo dos sebos, colecionário

de ceitils, centavos e xelins

Ingresso de matinê

na nau de Stevenson, na floresta

de London

na faiscante Paris espachim e amante

dos Dumas

condensário das imensidões

de Moby Dick ao pai Quixote

dramas d’antanho em prosa e papel jornal

poemas seletos lidos com lenta pressa

enquanto sacoleja o bonde ou o busão

lâmpada de celulose que exulta

na cama de solteiro do quartinho dos fundos

tanto te devemos, fiador dos desamparados

bengala dos moços, livro de bolso


Sammis Reachers


Instagram: @sammisreachers

Posts recentes

Ver tudo

Liberdade

Lutando contra as forças Internas e externas, Buscando a felicidade Em todo canto e em cada fresta. Relevante sensação; De fato, relativa. Angústia presente Diversas vezes Escondida. Yuri Nunes Instag

Personificação

Teresa revoluciona ao sentir os gestos que suspendem dizeres e abraçar é uma ação no microcosmo dessa suspensão. Depois iremos forçar os limites da linguagem, escrever para confirmar existências e por

Globalização do amor

Amar na ausência, como se presente fosse, Como se tão perto estivesse, Globalização do amor. Corações planejam a presença, Dia a dia, raras, mas de tanto valor. Encontros que de tão intensos, Marcam,