Buscar

Catavento (Jaciara Mendes)

Hélice de catavento assobia o tempo ou simplesmente se mantém inerte, à espera do sopro que a faça mover. Pás giratórias não impõem resistência à tempestade ou brisa, em silêncio anseiam partir de minha janela, voar pelo espaço, mudar de ares, bancar avião... Para onde desejas ir, velho amigo de infância? Desejas seguir pelo horizonte, ir ao infinito e nunca mais voltar?... Mas me diz bom amigo, poderia eu ir para onde você for?

Posts recentes

Ver tudo

Touch

No instante tardio, entre laços frágeis, tênues, corrompidos, buscamos, sobretudo, aquilo que nos transpassa, ainda que para isso restem apenas lamentos. E embora cansados e vencidos, suspiraremos ext

A vírgula (Aline Bischoff)

Tão pequena E tão importante. Precede grandes desfechos. Possibilita recomeços. Faz separação. Muda a significação. Uma pausa. Uma respiração. Uma delimitação. Um sinal de pontuação.