Buscar

Estafa

Na grande roda da vida, ela ia

Cansada, estressada, inquieta

Tentava aglutinar tudo que via,

Mesmo que, para isso, abdicasse duma boa vida

Na grande roda da vida, ela ia

Para todos os lugares,

Para onde quisessem,

Pouco importa se gostassem

Na grande roda da vida, ela ia

Com uma fagulha de esperança

Sem perder sua alegria

Mesmo que perdesse quase toda a energia

Na grande roda da vida, ela ia

Às vezes, se perdendo

Em tantas outras, crescendo

Parada, ela não estaria

Na grande roda da vida, ela ia

Até o fim dos dias

Até ficar sem energia

Ela ia tomar a direção dos seus dias


Miguel Barros

Posts recentes

Ver tudo

Devolvo à natureza um sorriso tímido

Devolvo à natureza um sorriso tímido A cada manhã que acordo, mesmo que barulhenta << Às vezes, preferivelmente barulhenta>> Por sentir-me parte de algo maior, Por respirar tão fundo, calmamente enche

Maracaninha Encantada

Na beira da praia apresento minhas penas. Elas são verdes, Da cor dos olhos do mar. Me encantei no sereno das ondas. Nasci Maracaninha... Do sonho de menina e de ostras pequenas. Sou pássaro e ostra.

Meninas Voadoiras

Chão-limite Pra elas pousarem Depois de voarem Por cima das casas e medos Avançando por Nuvens imaginárias De algodão e lágrimas Derramadas sobre a terra Emergindo o aroma Doce-fruta de mata. Meninas