top of page

Infância

O tilintar das chinelas tocando o chão

A poeira que voa com o vento embotando a vista

O cheiro de bolo advindo da cozinha

Aquele pé de Abacate na varanda, palco de inúmeras peripécias na infância

A boa saudade

A correria nos corredores

O jogo de bola na garagem

O banheiro esquisito que só tinha um buraco sem fundo

A curiosidade aguçada de moleques em desbravar aquele mundo

A boa saudade

Os adultos que se dividiam entre a briga e a inveja da molecada

O tempo que parecia não passar entre as brincadeiras

A ausência de doenças violentas para trancar todos em suas casas

Os risos dos que começam misturados com aqueles que estão no meio do caminho

A boa saudade

Os aprendizados que ficam

O tempo que passa

As crianças que crescem e têm outras crianças

Os ciclos que se renovam

As novas histórias que se escrevem na roda da vida


Miguel Barros

Instagram: @bmiguelpereira

Posts recentes

Ver tudo

Cavaleiro Negro (Aline Bischoff)

Onde vais pelas trevas impuras, cavaleiro das armas escuras (...) Cavaleiro, que és? – que mistério Que te força da morte no império Pela noite assombrada a vagar? Álvares de Azevedo Por que é que voc

Brinquedos (Alessandra Barcelar)

Lucas e Adalberto escreveram sua carta ao Papai Noel juntos. Empolgados, eles conversaram sobre o que fariam quando recebessem seus brinquedos. Lucas pediu uma bola e Adalberto um carrinho de madeira.

Múltiplas (Valéria Pisauro)

Dentro de mim cadeado, Porta aberta, cárcere privado, Ventre ancestral do tempo, Dentro de mim, muralha, Que a palavra não apaga Chica da Silva, Marielle, Anita, Dandara, Pagu, Maria Quitéria, Maria B

Comentários


Deixe seu comentário:
bottom of page