Buscar

Novela - Por amor ou justiça (Bloco I)



BLOCO I

CENA 1: RUAS DA PERIFERIA – EXT/NOITE


CENAS DO MOVIMENTO INTENSO, LUGAR HUMILDE E SIMPLES.

CORTA

CENA 2: APARTAMENTO DA ROSANA – SALA DE ESTAR – INT/NOITE

ROSANA CAMINHA DE UM LADO PARA O OUTRO, PARA E OLHA O RELÓGIO DE PULSO, EM SEGUIDA PARA O DA PAREDE QUE ESTÁ A SUA FRENTE. VISIVELMENTE PREOCUPADA VOLTA A CAMINHAR, QUANDO OUVE O BARULHO NA FECHADURA. VOLTA-SE PARA A PORTA E DEMONSTRA ALÍVIO AO VER ANINHA ENTRAR, ACOMPANHADA POR MAURO.

Rosana (controlando a ansiosa)

Já estava ficando aflita, filha!

Aninha

O problema foi o ônibus.

FITA ROSANA.

ESPERA O AMIGO ENTRAR E FECHA A PORTA.

Mauro

Houve um problema mecânico. Tivemos que esperar outro! Mas, felizmente, não tivemos o mesmo azar dos infelizes que foram assaltados pelos Morcegos.

APROXIMA-SE, BEIJA A FACE DE ROSANA, QUE RETRIBUI O BEIJO

Rosana (Triste/ Decepcionada)

Este bairro não é mais exemplo de tranqüilidade para nossa cidade.

ANINHA JOGA A BOLSA SOBRE O SOFÁ. APROXIMA-SE E TAMBÉM BEIJA ROSANA QUE ACARINHA-LHE A FACE; APÓS BEIJAR-LHE

Mauro (um pouco indignado)

Tudo por causa dessa maldita gangue! Mas escrevam o que estou dizendo, esses desgraçados vivem entre nós. Por isso se escondem atrás daquelas máscaras... Bem, Aninha está entregue! Vou para casa porque minha mãe deve estar preocupada também.

DIRIGE-SE PARA A PORTA PELA QUAL ENTROU.

ANINHA ACOMPANHA-O E ABRE A MESMA PARA O AMIGO.

MAURO BEIJA A AMIGA QUE RETRIBUI O GESTO.

Mauro

Até amanhã, Aninha! Boa noite, dona Rosana.

Aninha

Boa noite, Mauro! Até amanhã.

Rosana (gentil e agradecida)

Boa noite! E obrigada por acompanhar a minha filha...

MAURO RETIRA-SE.

ANINHA FECHA A PORTA. APROXIMA-SE DO SOFÁ, PEGA A BOLSA.

ANINHA DEMONSTRA CANSAÇO

Rosana

É um bom rapaz!

Aninha

O Caio chegou?

Rosana

Não. Hoje ele está de serviço... Se eu tivesse condições, nem você trabalharia mais no restaurante, nem seu irmão na pizzaria!... Ah! O Lucas ligou...

CORTA

CENA 3: APARTAMENTO DE ROSANA – SALA DE JANTAR – INT/DIA

EM CENA LUCAS, ANINHA E ROSANA ESTÃO SENTADOS À MESA, TOMANDO O CAFÉ DA MANHÃ. LUCAS ACARICIA A MÃO DE ANINHA QUE DELICIA-SE COM UMA MAÇÃ.

Lucas

Não quis falar para a sua mãe, mas houve um assalto perto da mercearia do senhor Figueira. Os Morcegos pegaram um casal jovem e a mulher foi ferida com uma punhalada no braço...

BEIJA A MÃO DE ANINHA QUE LOGO DEDICA-LHE TOTAL ATENÇÃO.

Lucas (apreensivo)

Só fiquei tranqüilo quando me certifiquei de que não era você, mas...

Rosana (um pouco aflita)

Que Deus livre a minha filha de uma coisa dessas! Meus filhos não merecem passar por este terror.

Aninha

Era alguém conhecido?

Lucas

Maria, irmã do Mauro. Ela estava vindo do encontro de jovens da igreja...

ACOMPANHA COM O OLHAR A NAMORADA QUE ERGUE-SE SUBiTAMENTE, PREOCUPADA, AFLITA. ELA SE PÕE REFLEXIVA, DEMONSTRA INDIGNAÇÃO, ENQUANTO LUCAS EXTERNA SUA IRRITAÇÃO APÓS TRANQUILIZAR A NOIVA.

Lucas

Não se preocupe, ela está bem. Foi um ferimento superficial... Desgraçados! Estão jogando meu nome na lama. Esses marginais estão conseguindo por em dúvida a minha competência.

PERCEBE QUE ANINHA ESTÁ CHOCADA, ABALADA. ERGUE-SE, APROXIMA-SE DA MESMA E ABRAÇA-A.

Rosana (chocada)

Que absurdo!

Lucas

Falei com o Mauro ainda pouco. Ele disse que só vai trabalhar no segundo horário, mas disse que você ficasse tranquila. Assim que chegar no restaurante ele te atualiza sobre o estado de saúde da sua melhor amiga.

Caio (irritado)

Gostaria que um dia alguém desse uma lição nesse Fábio!

ENTRANDO EM CENA. TRAZENDO EM MÃOS UM PACOTE COM PÃES. LOGO PUXA UMA CADEIRA E SENTA-SE A MESA.

Caio

O desgraçado me humilhou outra vez! Ele só me deixou pegar o elevador depois que dei um pão pra ele... Mas, vou seguir o seu conselho, Lucas. Vou enfrentá-lo qualquer dia desses... Vou dar um soco na cara daquele idiota!

Rosana (um pouco aflita)

Chega de violência Caio! Já disse para procurar o pai dele e contar o que está acontecendo.

Caio (irritado)

E passar por covarde? Tenho que enfrentar esse cara mamãe! Ou faço isso agora ou terei que baixar a cabeça para o resto da vida...

ESTENDE SUA XÍCARA PARA ROSANA QUE LOGO LHE SERVE CAFÉ. PERCEBE O CLIMA TENSO. OBSERVA A TODOS .

Caio (cismado)

Aconteceu alguma coisa?

Rosana (compadecida)

Assaltaram a irmã do Mauro. A pobrezinha foi ferida.

Aninha

Isso me deixa indignada, com medo!... Pelo andar da carruagem, tenho que começar a me preparar psicologicamente, porque brevemente posso ser uma vítima desses maus elementos chamados Morcegos.

Caio (seguro) ­

Eles não seriam loucos em fazer isso com a noiva do delegado!

CORTANDO UM PÃO

Lucas

Tudo indica que esses marginais são do bairro. Por isso, não seriam estúpidos de encostarem num só fio do seu cabelo. Acabo com a raça deles!!

Aninha

Do jeito que estão ficando abusados... Tudo é possível!

AFASTA-SE DE LUCAS E OLHA-O UM POUCO INCRÉDULA DAQUILO QUE OUVIU. FITA CAIO QUE AGORA PASSA MANTEIGA NO PÃO.

Aninha (aflita, preocupada)

Sinceramente não vejo o que tenho de diferente para ter a sorte de não ser vítima desses vagabundos... Nem mesmo o fato de ser noiva de um delegado! Os assaltos estão se tornando mais freqüentes. Muita gente que conhecemos já foi assaltada... Não poupam ninguém!!

Caio

Sei que muita gente me considera um bunda mole, um covarde... Principalmente esse Fábio! Mas, quem fizer alguma coisa com você, terá que me enfrentar! Seja quem for... Só descanso quando der uma lição no infeliz.

Lucas

Isso se eu não puser minhas mãos neles primeiro!

Aninha

Meus heróis!... Se não estivéssemos economizando para o casamento, confesso que seguiria o seu conselho e compraria um carro amanhã mesmo... Maldita hora que decidi vender o que era do papai!

FITA O ATENTO LUCAS, DEPOIS VOLTA A SENTAR-SE E SERVE-SE DE CAFÉ. LUCAS APROXIMA-SE E ACARINHA-LHE OS CABELOS.

CORTA

CENA 4: FACHADA DO RESTAURANTE – INT/DIA

CENAS DO LUXUOSO E REQUINTADO RESTAURANTE.

CORTA

CENA 5: RESTAURANTE – ESCRITÓRIO – INT/DIA

ANINHA ESTÁ SENTADA ATRÁS DA MESA, ENQUANTO MAURO; VESTIDO EM SEU SMOKING, ESTÁ SENTADO DO LADO OPOSTO.

Mauro

Felizmente o ferimento não foi grave...

VISIVELMENTE INDIGNADO.

OBSERVANDO A RUA ATRAVÉS DA JANELA.

Mauro

Mas, isso não vai ficar assim! Vou começar a investigar esses morcegos.

Aninha (surpresa, preocupada)

Você vai fazer o quê?!

Mauro (revoltado)

Vou descobrir quem são os covardes que se escondem detrás de máscaras para assaltar pessoas de bem.

OLHA PARA A PREOCUPADA AMIGA.

MOSTRA-SE DETERMINADO.

Aninha

Pode estar se arriscando, Mauro! Não deve enfrentar esses marginais... Não sabe do que eles são capazes!!

Mauro

Não se preocupe... Só vou tentar colher algumas informações.

CORTA

CENA 6: APARTAMENTO DE ROSANA – SALA DE ESTAR – INT/NOITE

SENTADOS NO SOFÁ, ANINHA ESTÁ RECOSTADA NO TÓRAX DE LUCAS QUE LHE ACARINHA OS CABELOS E CAIO ESTÁ NO SOFÁ DO LADO OPOSTO. ROSANA, GENTILMENTE, SERVE CAFEZINHO PARA TODOS.

Rosana

Olha que corrente linda o Caio comprou para mim!

APÓS REPOUSAR A BANDEJA SOBRE O CENTRO, PEGA UMA CAIXINHA DE JÓIAS DO BOLSO E ENTREGA-A À ANINHA. A CAMPAINHA SOA, ROSANA LOGO VAI ATENDER A PORTA.

Aninha

Não há mais espaço em nosso porta jóias.... Mamãe e eu já falamos que não precisa gastar seu dinheiro conosco, se pretende trocar de moto.

Caio (meigo, afável)

Não se preocupe! Comprei essa corrente daquele meu amigo que me dá descontos... Sou um cliente antigo, por isso tenho certos privilégios!

Lucas

Não sabe da novidade Caio: o Mauro está bancando o detetive! Está colhendo informações sobre os Morcegos e...

CALA-SE AO VER MAURO APROXIMAR-SE.

Lucas

Por falar nele... E então Mauro? Descobriu alguma coisa que nos leve aos Morcegos?

Mauro

Poderia ficar chateado por ter contado o que lhe confidenciei Aninha!... Mas, como estamos entre amigos...

SENTA-SE AO LADO DE CAIO QUE DEMONSTRA INTERESSE.

LUCAS TAMBÉM ESTÁ ATENTO.

ROSANA RECOSTA-SE NO MESMO SOFÁ.

Mauro

Bem, não sei se já sabe o que vou lhe contar Lucas, mas descobri que o líder dessa gangue é desse bairro. Um motoqueiro que chamam de Batman Boy... Pensei que todos eram, pelo fato de saberem os nomes das vítimas e até o endereço de algumas. Mas, estive conversando com o Fábio, o filho do síndico... ele conhece um membro de uma galera do bairro vizinho, que não está nada satisfeita com a invasão desses morcegos!... O tal membro contou para o Fábio que o resto dos pilantras são de outro lugar... O atual chefe ganhou o posto depois de vencer o outro em uma luta.

Lucas (inicialmente reflexivo, depois irritado)

Confesso que também pensava que todos eram daqui, mas... Não sei se posso acreditar na história de um membro de galera, Mauro... Talvez pareça relapso em meu trabalho ou até mesmo incompetente, mas estamos fazendo tudo para chegarmos a esses marginais. Infelizmente, eles são espertos e não deixam pistas! As testemunhas relatam sempre as mesmas coisas, não existe nenhum detalhe nos vagabundos, nas conversas, nas motos ou até nas roupas... Detalhes que possa nos servir como pistas...

PÕE A XÍCARA EM QUE TOMOU O CAFÉ SOBRE A BANDEJA NO CENTRO DA SALA

Lucas

Esteja certo Mauro, não é bom envolver pessoas de conduta duvidosa em investigações ou ficar devendo favores a eles.

Caio

Além do mais o Fábio é conversador... Ele se mete na vida de todo mundo. Talvez esteja tentando desviar a atenção!.. Para mim o desgraçado é um forte candidato a ser esse tal de Batman Boy...

Rosana (repreendendo-o)

Não fale besteiras Caio! Não deve acusar ninguém sem provas.

Caio (irritado)

Fábio não me engana!... Esse membro de galera deve ser uma invenção... Quem é esse cara com quem ele conversou, Mauro?

Mauro

Chamam de Lagarto... Não sei direito!...

SERVE-SE DE CAFÉ. DEPOIS VOLTA A ATENÇÃO PARA LUCAS.

Mauro

Só sei que ele e o resto da galera estão prestes a declarar guerra aos Morcegos... Não é por nada, mas acho que eu poderia fazer um acordo com esse Lagarto! Ele me conta quem é o líder dos Morcegos e eu entrego os desgraçados para você... Assim, livro o nosso bairro desses vagabundos e tiro de circulação os rivais dele.

Lucas

Isso é arriscado demais!

Rosana (preocupada)

Não faz isso menino!... Se seus pais souberem em que está se metendo, vão ficar loucos.

Mauro (determinado)

Não tem volta! Além do mais, não sou covarde e aqueles desgraçados vão pagar pelo que fizeram com minha irmã... Convenci o Fábio a marcar um encontro com ele para depois de amanhã e é isso que vou propor ao Lagarto!


(continua...)


Jaciara Mendes