Pássaro

Ela tinha tudo, Tudo que desejava, Tudo que queria, Sol, sombra, água, Comida três vezes por dia, Mas o que ninguém sabia, Era que isto não bastava, Não satisfazia, Precisava de sonho, De fantasia. No seu apartamento, Uma gaiola dourada, Suspirava a cada momento, Transbordando de vontades, De quereres e de saudades, Andava de um lado pro outro, Presa no próprio corpo, Seu pensamento voava, Sua alma fugia, Sim, tinha um dono, Que fechava a gaiola, Mas não abria, Vivia no abandono, Asas cortadas, Nem cantava, Porque nem podia, Pela janela olhava, Pássaros soltos, Gente com alegria, Procurou bem longe O seu amor, Onde estaria?


Marçal de Oliveira Huoya



Posts recentes

Ver tudo

Onde vais pelas trevas impuras, cavaleiro das armas escuras (...) Cavaleiro, que és? – que mistério Que te força da morte no império Pela noite assombrada a vagar? Álvares de Azevedo Por que é que voc

Lucas e Adalberto escreveram sua carta ao Papai Noel juntos. Empolgados, eles conversaram sobre o que fariam quando recebessem seus brinquedos. Lucas pediu uma bola e Adalberto um carrinho de madeira.

Dentro de mim cadeado, Porta aberta, cárcere privado, Ventre ancestral do tempo, Dentro de mim, muralha, Que a palavra não apaga Chica da Silva, Marielle, Anita, Dandara, Pagu, Maria Quitéria, Maria B

Deixe seu comentário: