top of page

Tempo Singular

Vivemos num tempo singular,

Separados temos de estar,

O COVI 19 está instalado,

É preciso ter cuidado.

Foi decretado estado de emergência,

Os movimentos estão restritos,

Para que não se multipliquem gritos,

Temos de ter paciência.

Nem sempre é fácil possuir,

Estamos habituados a interagir,

A com o outro comunicar,

Uma vida social cultivar.

Mas agora, não.

O contexto pede restrição,

A casa é porto seguro,

Porque lá fora está escuro.

É esta a situação,

Temos de aguentar,

A ordem é agir com razão,

Para quando tudo passar,

Darmos largas à emoção,

Com alegria voltaremo-nos a abraçar.

Augusto Filipe Gonçalves

Posts recentes

Ver tudo

Cavaleiro Negro (Aline Bischoff)

Onde vais pelas trevas impuras, cavaleiro das armas escuras (...) Cavaleiro, que és? – que mistério Que te força da morte no império Pela noite assombrada a vagar? Álvares de Azevedo Por que é que voc

Brinquedos (Alessandra Barcelar)

Lucas e Adalberto escreveram sua carta ao Papai Noel juntos. Empolgados, eles conversaram sobre o que fariam quando recebessem seus brinquedos. Lucas pediu uma bola e Adalberto um carrinho de madeira.

Múltiplas (Valéria Pisauro)

Dentro de mim cadeado, Porta aberta, cárcere privado, Ventre ancestral do tempo, Dentro de mim, muralha, Que a palavra não apaga Chica da Silva, Marielle, Anita, Dandara, Pagu, Maria Quitéria, Maria B

Comentários


Deixe seu comentário:
bottom of page