Buscar

Vivê de Amô

Eu vô é fugi

morá nas bêra do rio

vivê de sombra água fresca

no abraço da naturêza


vô fugi

pras banda dum arraial

vivê no miudim

cantá prá lua subi


vô fugi

sem pressa

devagarim

vivê de amô

de aconchego, calô


e vô ficá

te esperando chegá

junto das onda do mar

me levá pra navegá

e num cantim do seu coração

me acomodá

Posts recentes

Ver tudo

Café

O aroma das manhãs; Expresso Para o primeiro convite; Capuccino Para fortalecer as amizades; Frappe Depois de um amor gostoso; Duplo Debaixo do cobertor acompanhados de um livro; Mocha Fortalecendo os

Por mais Acrósticos

A palavra Amarrotada, Amarrada Cerrada, Cicatrizada, Concluída Rasga-se, Refaz-se, Reproduz-se, Recompõe-se, Recria-se no acróstico. Obliterada, Olvida, Oculta Secreta, Sagrada Transgride, Transver e

Mundo Qualquer

Tenho achado que já não sou firme o bastante pra amolecer se quiser Para rabiscar num papel e ir-me às linhas e achar-me em um mundo qualquer Tenho notado que já sei demais e não sei mais esquecer se