Buscar

Cotidiana

Sozinha em casa brigo com os ponteiros

Um feixe de luz que despreza a tarde,

atravessa o amianto,

invade a minha solidão

Passeiam os dedos por entre os cabelos,

lição de zelo que faz florescer

No silêncio inquietante das mil leituras,

me encontro tal pintura abstrata,

vezes incompreensível,

não menos apreciável.


Lilian Gonçalves

Posts recentes

Ver tudo

Café

O aroma das manhãs; Expresso Para o primeiro convite; Capuccino Para fortalecer as amizades; Frappe Depois de um amor gostoso; Duplo Debaixo do cobertor acompanhados de um livro; Mocha Fortalecendo os

Por mais Acrósticos

A palavra Amarrotada, Amarrada Cerrada, Cicatrizada, Concluída Rasga-se, Refaz-se, Reproduz-se, Recompõe-se, Recria-se no acróstico. Obliterada, Olvida, Oculta Secreta, Sagrada Transgride, Transver e

Mundo Qualquer

Tenho achado que já não sou firme o bastante pra amolecer se quiser Para rabiscar num papel e ir-me às linhas e achar-me em um mundo qualquer Tenho notado que já sei demais e não sei mais esquecer se