Lagrimar

Atualizado: 16 de jun. de 2020

Escorre o pranto na face

Molha todas as vestes

Encharca o coração

Bombeia

Respiro

Alívio


A água salgada corre mansa

Lava bem onde passa

tudo que é órgão alcança

Tudo que é dor ampara


Pensamento se esvai

Esvazia a mala que transbordava de tudo e nada

Aquele redemoinho se vai

Acalma a alma


Corre água salobra

Asseia em banho maria

De um mar de lágrimas, renovai


Amor, amar, lagrimar em mim

Por você em mim

Por aquele em mim, perdoai


O choro em si é prosa em poesia

Distancia a raiva, tristeza e a agonia

Traz a sede da paz,

mergulho de amar em calmaria

Posts recentes

Ver tudo

Onde vais pelas trevas impuras, cavaleiro das armas escuras (...) Cavaleiro, que és? – que mistério Que te força da morte no império Pela noite assombrada a vagar? Álvares de Azevedo Por que é que voc

Lucas e Adalberto escreveram sua carta ao Papai Noel juntos. Empolgados, eles conversaram sobre o que fariam quando recebessem seus brinquedos. Lucas pediu uma bola e Adalberto um carrinho de madeira.

Dentro de mim cadeado, Porta aberta, cárcere privado, Ventre ancestral do tempo, Dentro de mim, muralha, Que a palavra não apaga Chica da Silva, Marielle, Anita, Dandara, Pagu, Maria Quitéria, Maria B

Deixe seu comentário: