top of page

Lua de marfim

Te contemplo no céu,

Te admiro por sob o mar,

Deixo guiar-me pelo seu véu,

Misterioso clarão do Luar!


Oh! Lua de marfim!

Tem pena! Tem pena de mim!


És minha saga,

Beijo o chão,

Por onde vaga

O teu clarão!


Oh! Lua de marfim!

Tem pena! Tem pena de mim!


De ti me enamoro,

És minha eterna paixão!

Escuta, que te imploro,

A rouca voz do meu coração.


Oh! Lua de marfim!

Tem pena! Tem pena de mim!


Com o brilho de sua aura imortal,

Ilumina de minh'alma a porção,

Do divino substancial,

Que é o cerne, da Composição!


Oh! Lua de marfim

Tem pena! Tem pena de mim!


Aline Bischoff

Posts recentes

Ver tudo

Cavaleiro Negro (Aline Bischoff)

Onde vais pelas trevas impuras, cavaleiro das armas escuras (...) Cavaleiro, que és? – que mistério Que te força da morte no império Pela noite assombrada a vagar? Álvares de Azevedo Por que é que voc

Brinquedos (Alessandra Barcelar)

Lucas e Adalberto escreveram sua carta ao Papai Noel juntos. Empolgados, eles conversaram sobre o que fariam quando recebessem seus brinquedos. Lucas pediu uma bola e Adalberto um carrinho de madeira.

Múltiplas (Valéria Pisauro)

Dentro de mim cadeado, Porta aberta, cárcere privado, Ventre ancestral do tempo, Dentro de mim, muralha, Que a palavra não apaga Chica da Silva, Marielle, Anita, Dandara, Pagu, Maria Quitéria, Maria B

Comments


Deixe seu comentário:
bottom of page