Buscar

Matutar

Atualizado: 27 de Abr de 2020

Sempre fico a matutar

Erudito ou popular?

Povo que arrasta o chinelo em terra de barro

Que come feijão com arroz

Pra deixar o bucho bem forrado

Que fala cheio de gingado

Mas prefere valorar o erudito ao popular?

e a tua raiz tu deixa pra lá?

Pra lá de longe e esquece

Da beleza que é a cultura do nordeste

Que respira resistência e se diverte com pastoril, chegança, samba de cocô, guerreiro e capoeira

Avi maria que é tanta dança pra mais de mil

Quem já correu das caretas e teve medo de boi bumbá?

E quem não teve vontade de, na banda de fanfarra, um instrumento tocar?

Arte de um povo que há muito sofre

Cantigas que nascem dos lábios de quem não conhece nem o abc

Que sobrevive da tradição

Que aposta na fé pra nenhum sentido na vida perder

E fico cá a matutar

Erudito ou popular?


Por Gabriel Mízio

Posts recentes

Ver tudo

Liberdade

Lutando contra as forças Internas e externas, Buscando a felicidade Em todo canto e em cada fresta. Relevante sensação; De fato, relativa. Angústia presente Diversas vezes Escondida. Yuri Nunes Instag

Personificação

Teresa revoluciona ao sentir os gestos que suspendem dizeres e abraçar é uma ação no microcosmo dessa suspensão. Depois iremos forçar os limites da linguagem, escrever para confirmar existências e por

Globalização do amor

Amar na ausência, como se presente fosse, Como se tão perto estivesse, Globalização do amor. Corações planejam a presença, Dia a dia, raras, mas de tanto valor. Encontros que de tão intensos, Marcam,

© Copyright