Buscar
  • Aline Pedrosa

Tem dia

Tem dia que pessoas parecem carcaças, que sorrisos estão de cabeça pra baixo e nosso mundo no chão. Tem dia que levantar é difícil, seguir é pesado, e parar, reflexão. Tem dia que tudo que se quer é atenção, reter o que há de melhor no outro, mesmo que por compaixão. Um afago amigo, comida de mãe, feijão de vó, piada de irmão. Tem dia que as raízes nos puxam e dói, porque temos que ir na contramão. Tem dia que a cidade Natal parece ser em outra dimensão, 126 quilômetros se transformam em dízima periódica no meu coração. Tem dia que tudo que se quer é o outro por inteiro, porque tudo não dá pra ser metade não. O que se quer é coragem. É dividir a bagagem e ir na mesma direção. É lutar a luta que for, sem saber de golpe, artimanha e sem se importar com decepção. Tem dia que se quer justiça, ela nunca é em vão. Tem dia que o preço não é justo, mas o valor, só dias futuros dirão. Tem dias que são hoje e a única certeza é que nunca voltarão. Tem dia que a vida é pura solidão.


Por Aline Pedrosa

Posts recentes

Ver tudo

Café com verso

Se num instante contigo imagino Um encontro inusitado, eu confesso Que o universo como um abrigo amigo Nos recepciona em café com verso Ocasião remota surpresa Imensidão em ter um momento Para se cont

O melhor café do mundo

Nada parecia abalar a simplicidade daquela manhã. E da força ancestral do barro que emprestava ao velho fogão. O vento soprava sem pressa, a lenha crepitava cantando E as labaredas exibiam a inconfund

Cacoema

Precisa alcunha me deram Chamam-me boca do inferno Um inclemente juiz Sem capa, toga e terno. Se me encontrares no espelho Não te assalte o medo De ver-te como a mim veem Para a alegria de todos Sou u