Buscar
  • Aline Pedrosa

Tem dia

Tem dia que pessoas parecem carcaças, que sorrisos estão de cabeça pra baixo e nosso mundo no chão. Tem dia que levantar é difícil, seguir é pesado, e parar, reflexão. Tem dia que tudo que se quer é atenção, reter o que há de melhor no outro, mesmo que por compaixão. Um afago amigo, comida de mãe, feijão de vó, piada de irmão. Tem dia que as raízes nos puxam e dói, porque temos que ir na contramão. Tem dia que a cidade Natal parece ser em outra dimensão, 126 quilômetros se transformam em dízima periódica no meu coração. Tem dia que tudo que se quer é o outro por inteiro, porque tudo não dá pra ser metade não. O que se quer é coragem. É dividir a bagagem e ir na mesma direção. É lutar a luta que for, sem saber de golpe, artimanha e sem se importar com decepção. Tem dia que se quer justiça, ela nunca é em vão. Tem dia que o preço não é justo, mas o valor, só dias futuros dirão. Tem dias que são hoje e a única certeza é que nunca voltarão. Tem dia que a vida é pura solidão.


Por Aline Pedrosa

Posts recentes

Ver tudo

O bêbado no cais

Em cada despertar um olhar estático em direção ao horizonte Morre o velho nasce o novo e dispôs-se a recordar Infante, clemente, nem tanto incandescente a vela acesa no altar Foge de mim esperança ao

Rota para a luz

Rota para a luz, A tua ténue paixão, Rosto que me seduz, Quando me dás a tua mão. O meu acreditar conduz, Todo os meus desejos e coração. Nem o passar do tempo reduz, Esse sentimento de emoção. O amor

Lua de marfim

Te contemplo no céu, Te admiro por sob o mar, Deixo guiar-me pelo seu véu, Misterioso clarão do Luar! Oh! Lua de marfim! Tem pena! Tem pena de mim! És minha saga, Beijo o chão, Por onde vaga O teu cla