Buscar

Tempos modernos

Vivi pra ver o deboche se tornar lugar-comum

O desprezo pelo semelhante virar item de estante

A arrogância petulante dominar as dimensões tupiniquins

Os tempos mudaram


A fala exagerada e desatinada ser dominante

A verborragia das múltiplas palavras inúteis prevalecer

“Isso é fraude, tem muito roubo aí”!

Os tempos mudaram


O mau-senso do jeitinho brasileiro aparecer

A carteirada do doutor mostrar-se maior que a lei

Legitimada pelas línguas que fala e títulos que possui

Os tempos mudaram


A honestidade e o respeito parecem itens de museu

Do cuidado desprezado com um vírus invisível

Tratado como uma virose qualquer

Os tempos mudaram


Apesar de tudo, lutamos

Por causa dos malucos, bradamos

Para evitar o inaceitável, gritamos e criticamos

Os tempos mudaram


Pelas nossas vidas

Pelas próximas gerações

Por um melhor futuro

Façamos que a mudança dos tempos

Seja favorável aos tempos modernos



Miguel Barros

Posts recentes

Ver tudo

Lavagens da beleza

A Beleza inventava lavagens de roupas só para conversar com as águas. As águas irrigavam sua imaginação. Mais ela também embebia o córrego de saudades... Passava horas contando a ele sobre como se faz

Oblação

Os dias se vão Triste e distante lua Neste mundo imensidão Oblação tua carne nua Caminhantes em redemoinho Cujo ao mesmo raio volta Desencontro Da mão que então se solta Piedade que falsa engana Com m

Ígneo

Seu olhar ígneo me enleia, Dele não consigo escapar, Em minh'alma chama ateia Inconcebível de explicar. Seu riso constante a me iluminar, Faz meu íntimo se desfazer, Como ondas na praia a arrebentar,